Quarta-feira, 1 de Outubro de 2014

123 - Ex-Líbris de António Lima XVIII

Lindíssimo ex-líbris de José Rodrigues de Sucena, Conde de Sucena, num magnífico desenho de António de Oliveira Lima e o respectivo Registo de Entradas da Biblioteca do Conde de Sucena, com monograma coroado, igualmente desenhado por mestre António Lima na parte final da década de 1920.

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:00
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 1 de Janeiro de 2014

114 – Ex-Líbris de António Lima XVII

Ex-líbris de Eduardo dos Santos Maia Mendes, num magnífico desenho de António de Oliveira Lima, datado de 1927. Colecção de Jofre de Lima Monteiro Alves.

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:01
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 1 de Novembro de 2013

112 – Ex-Líbris de António Lima XVI


Ex-libris do escritor Carlos Malheiro Dias desenhado por António de Oliveira Lima em 1927.
Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:01
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 1 de Julho de 2013

108 – Ex-Líbris de António Lima XV

    Ex-líbris heráldico de António Augusto de Matos Pinto Machado desenhado por António de Oliveira Lima em 1927, e gravado por zincogravura em 1928.

 

    Escudo peninsular esquartelado com as armas de: I – Pinto, II – Machado, III – Botelho, IV – Pereira; com elmo, virol, paquife e timbre de Pinto.

 

    António Augusto de Matos Pinto Machado, o titular desta marca, nasceu em Vila Real a 31 de Março de 1895, filho de Bernardino Pinto Machado de Azevedo e D. Bernardina da Conceição Gomes de Matos; foi oficial do Exército, proprietário, jornalista e director do Palácio de Cristal, do Porto; faleceu em Massarelos, freguesia da cidade do Porto, em 18 de Novembro de 1965.

 

ÁRVORE DE   COSTADOS DE ANTÓNIO AUGUSTO DE MATOS PINTO MACHADO

Próprio

Pais

Avós

Bisavós

António Augusto de Matos Pinto Machado

 

* Vila Real, 1895

 

+ Porto, 1965

Bernardino Pinto Machado de Azevedo

 

* Folhadela, Vila Real, 1849

Dr. António Augusto Pinto Machado

* Vila Real, 1802

António Teixeira Pinto Machado de   Azevedo

D. Rosa Margarida Cândida Botelho de   Azevedo Carvalho

D. Ana Maria Vilela de Seixas da Fonseca

* Folhadela, Vila Real

Francisco de Seixas da Fonseca

Joana Fernandes Vilela

D. Bernardina da Conceição Gomes de Matos Pinto   Machado

 

* Vila Pouca de Aguiar, 1859

Custódio José Álvares de Matos

 

João António Álvares de Matos

Maria Teresa

D. Mariana Emília Gomes Carneiro

Luís Gomes de Araújo

Joaquina Rosa de Carvalho

 

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:01
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 1 de Junho de 2013

107 – UM EX-LÍBRIS HERÁLDICO DO SÉCULO XVII

    Ex-líbris heráldico, para ser usado como super-libros armoriado, do dr. Cristóvão Soares de Abreu, desenhado e gravado a buril sobre cobre por Nicola de L’Armessin, em 1670, e gravado a ouro sobre pergaminho.

 

    Escudo esquartelado com as armas de Sequeira (I e IV) e Abreu (II e III), tendo sobre-o-todo as armas de Soares de Albergaria. Com elmo de frente, virol, paquife e timbre de Soares de Albergaria. A insígnia da Ordem de Cristo pende do elmo e a respectiva cadeia rodeia o exterior do escudo. Todo o conjunto é cercado por uma exuberante composição vegetalista, atada com um laço.

 

    O dr. Cristóvão Soares de Abreu, filho do dr. Francisco Soares de Abreu e de D. Catarina Luísa Brandão, nasceu em Talharezes, lugar da freguesia de São João da Ribeira, concelho de Ponte de Lima (1601).

    Foi moço-fidalgo da Casa Real (1615); genealogista; poeta; prosador; bibliófilo; formado em Direito na Universidade de Coimbra; magistrado; especialista em Jurisprudência; proprietário em Lisboa, Ponte de Lima e Alenquer; Senhor da Casa de Vale de Flores, em Cadafais, Alenquer, pelo seu casamento; cavaleiro da Ordem de Cristo (Janeiro de 1641); Juiz Desembargador Extravagante da Casa da Relação do Porto (18 de Janeiro de 1641); diplomata; secretário da embaixada especial enviada ao rei Luís XIII de França, para ajudar a defender os esforços da Restauração da Independência (3 de Fevereiro de 1641 – 22 de Julho de 1641); o Rei Dom João IV explica aos embaixadores Francisco de Melo, monteiro-mor do Reino, e dr. António Coelho de Carvalho, desembargador do Paço, que «os papéis e negócios da embaixada correrão por mãos de Cristóvão Soares de Abreu, que envio por secretário dela, com cuja pessoa vos recomendo que tenhais particular conta, e o ouçais sobre os mesmos negócios» (1641); desembarca em Lisboa para avisar El-Rei Dom João IV do fim da embaixada a França (8 de Agosto de 1641); 2.º Senhor do Morgadio de Soares de Abreu, de Lisboa, como sucessor de seu pai (1641); 2.º padroeiro da Capela de São Francisco do Convento de Santa Ana, em Lisboa (1641); recusou o posto de secretário da embaixada a França (1642); escreve uma carta com recomendações e advertências a D. Vasco Luís da Gama, Conde da Vidigueira, embaixador de Portugal em Paris (1642), Juiz Desembargador da Relação do Porto (1643); Juiz Ouvidor do Crime na Relação e Casa do Porto (6 de Fevereiro de 1645); Juiz Desembargador dos Agravos da Casa da Suplicação, de Lisboa (14 de Novembro de 1646); nomeado enviado plenipotenciário à Alemanha (Novembro de 1646); comendador da Comenda da Ordem de Cristo, do lote de 120$000 réis (13 de Dezembro de 1646); mercê de 120$000 réis de tença (15 de Dezembro de 1646); partiu de Lisboa com destino à Alemanha (19 de Dezembro de 1646); em Haia escreve ao Rei Dom João IV queixando-se que «eu me não acho com forças e capacidades para residir em Alemanha assistindo e agradando aos Principes della» pois «eu me não posso conformar por me aver criado no rigor da sobriedade Portuguesa» (9 de Agosto de 1647); enviado plenipotenciário ao Congresso de Osnabruck, na Alemanha, que preparou a Paz de Vestefália, a fim de terminar a Guerra dos Cem Anos (1647 – 1648); ministro residente de Portugal em França (1648 – 1651); escreve uma carta com recomendações e advertências a Francisco de Sousa Coutinho, novo embaixador em França (19 de Setembro de 1651); vereador do Senado da Câmara Municipal de Lisboa (Maio de 1652 – Setembro de 1671); D. Francisco Manuel de Melo dedica-lhe a obra A Visita das Fontes: Apólogo Dialogal Terceiro (1657); fidalgo da Cota de Armas, com armas de Sequeira, Abreu e Soares de Albergaria (1660); juiz conservador da Casa da Moeda de Lisboa (1666 – 1675); por ser o vereador mais antigo foi incumbido pela Câmara Municipal de Lisboa de pronunciar o discurso oficial de recepção ao rei Dom Afonso VI e à rainha D. Maria Francisca de Saboia, a quando da régia entrada na capital (29 de Agosto de 1666); o gravador Nicola de L’Armessin desenha e grava, a buril, o seu ex-líbris heráldico (1670); exonerado das funções de vereador do Senado da Câmara de Lisboa (5 de Setembro de 1671); apostila para que os 120$000 réis de tença que possui se juntem nos Almoxarifados do Reino (28 de Outubro de 1671).

 

    Escreveu e publicou:

Officium in Laudem Sacrosanti Eucharistiae Sacramenti Cum Litania, Lisboa, 1630.

Nobiliário de Christovão Soares de Abreu, 1641, manuscrito.

Advertências ao Conde da Vidigueira, Dando Instruções Para Sua Embaixada em Paris, 1643.

Diário, manuscrito, 1648.

Advertências a Francisco de Sousa Coutinho, 1651.

Oração de Christóvão Soarez d’Abreu em Presença das Majestades d’El Rey D. Afonso VI e da Rainha D. Maria Francisca Isabel de Saboya, Lisboa, 1666.

 

    Casou com D. Maria de Almeida do Amaral, natural de Alenquer e falecida em 27 de Junho de 1676 na freguesia do Socorro, cidade de Lisboa, e foi sepultada no Mosteiro dos Capuchos da Carnota, em Alenquer.

 

    Faleceu numa casa na Rua das Parreiras, freguesia de Nossa Senhora do Socorro, cidade de Lisboa, faz agora 329 anos (4 de Junho de 1684); foi sepultado na Capela de São Francisco do Convento de Santa Ana, das Religiosas Franciscanas, na freguesia da Pena, cidade de Lisboa (4 de Junho de 1684).

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:00
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 1 de Maio de 2013

106 – Ex-Líbris de António Lima XIV

    Ex-líbris do escritor Luís Coelho Monteiro de Andrade desenhado por António de Oliveira Lima em 1927. Representa um finíssimo coração de filigrana, anteposto por uma adaga desembainhada de ponta abaixada e encrustada com guarda de uma cruz flor-de-lis, tudo ladeado pela legenda ECCE COR MEUM.

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:01
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 1 de Janeiro de 2013

102 – Ex-Líbris de António Lima XIII

Ex-líbris usado por António de Oliveira Lima, desenhado por ele próprio.

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:01
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 1 de Novembro de 2012

100 – Ex-Líbris de António Lima XII

Extraordinário ex-líbris heráldico da biblioteca de António Maria de Sousa Sardinha desenhado por António de Oliveira Lima, em data indeterminada, e gravado a zincogravura.

 

Escudo peninsular esquartelado com as armas de: I – Mergulhão, II – Sardinha, III – Lobão e IV – Teles de Menezes; com elmo, virol, paquife e timbre de Mergulhão; divisa com a legenda “AGERE CONTRA”; tudo dentro duma espantosa cercadura com motivos vegetalistas e o cavaleiro S. Jorge a investir de lança em riste contra o dragão do mal na tarja inferior.

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:01
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 2 de Setembro de 2012

98 – Ex-Líbris de António Lima XI

Ex-líbris de António Maria de Sousa Sardinha desenhado por António de Oliveira Lima, em data indeterminada.

António Sardinha nasceu em Monforte do Alentejo a 9 de Setembro de 1887, faz agora 125 anos, e faleceu em Elvas a 10 de Janeiro de 1925, filho de José Maria da Silva Sardinha e de Maria do Rosário de Sousa Sardinha. Foi poeta (1902); aluno da Universidade de Direito (1906 – 1911); formado em Direito (1911); advogado; monárquico; fundador da revista NAÇÃO PORTUGUESA (1914); fundador e dirigente do Integralismo Lusitano (1914); ensaísta (1915); historiador; político; polemista; doutrinador; erudito; intelectual; redactor principal do jornal A MONARQUIA (1917); deputado da Nação, pelo círculo de Elvas (1918); nomeado governador civil do distrito de Portalegre, durante a Monarquia do Norte (20 de Janeiro de 1919); exilado em Espanha (1919 – 1921); director da NAÇÃO PORTUGUESA: Revista de Cultura Nacionalista (1922 – 1923); cronista; conferencista; escritor.

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 17:50
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 1 de Julho de 2012

96 – Ex-Líbris de António Lima X

 

Ex-líbris heráldico de Abílio Pacheco Teixeira Rebelo de Carvalho, desenhado por António de Oliveira Lima, presumivelmente em 1927, e gravado a zincogravura.

 

Escudo peninsular partido, com o II cortado, com as armas de: I – Pacheco, de Duarte Pacheco Pereira; II cortado – 1.º, Teixeira; 2.º, Rebelo. Com elmo e timbre de Pacheco.

 

Árvore de Costados de Abílio Pacheco Teixeira Rebelo de Carvalho

Próprio

Pais

Avós

Bisavós

Abílio Pacheco Teixeira Rebelo de Carvalho

 

* Póvoa de Varzim 1894

 

+ Lisboa 1988

João Baptista de Carvalho

 

* Bahia, Brasil 1842

 

+ Póvoa de Varzim 1910

Francisco António de Carvalho

 

* Lousada 1801

 

+ Lousada 1873

Alferes Francisco António de Miranda Barbosa de Saldanha

 

* Lousada 1763

+ Lousada 1806

D. Rosa Maria de Jesus Pereira de Oliveira Carvalho

 

* Felgueiras 1766

+ Lousada 1852

Eustáquia Virgínia Pires de Aragão

 

* Brasil

 

 

 

D. Rosinda de Castro Pacheco Teixeira Rebelo

 

* Lousada 1871

 

+ Porto 1942

Dr. João Manuel Pacheco Teixeira Rebelo

 

* Lousada 1845

 

+ Lousada 1901

Luís António Teixeira das Neves Rebelo de Magalhães

 

* Lousada 1813

+ Lousada 1863

D. Rita Pacheco Monteiro Dias de Freitas

 

* Lousada 1820

+ Lousada 1897

D. Maria de Sampaio de Castro Leite da Costa

 

* Fafe 1837

 

+ Lousada 1922

José António de Castro Sampaio Leite da Costa

 

* Fafe 1796

+ 1860

D. Josefa Maria da Rocha Magalhães

 

* Guimarães 1807

+ 1884

 

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:01
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 1 de Maio de 2012

94 – Ex-Líbris de António Lima VIII

  Ex-líbris heráldico do dr. Francisco Carneiro de Assis Teixeira, desenhado por António de Oliveira Lima em 1927 e gravado a buril por André Victor Edouard Devambez. Escudo de fantasia esquartelado, com as armas de: I – Magalhães, II – Teixeira, III – Coelho e IV – Cunha; com coronel de Conde e timbre de Magalhães, por debaixo do listel com a divisa “DUM SPIRO SPERO”, tudo envolto por uma elegante cartela de belíssimo efeito decorativo.

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:01
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 16 de Março de 2012

92 – Ex-Líbris de António Lima VII

Ex-líbris de Luís Ferreira Alves, morador em Vila Nova de Gaia e dirigente desportivo, desenhado por António de Oliveira Lima em 1922. Colecção de Jofre de Lima Monteiro Alves.
Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 16:20
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 1 de Janeiro de 2012

90 – Ex-Líbris de António Lima VI

Ex-líbris do dr. Jaime Pinto Osório, Juiz de Direito na Comarca Judicial de Paredes de Coura, desenhado por António de Oliveira Lima em 1921. Colecção de Jofre de Lima Monteiro Alves.

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:01
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 1 de Novembro de 2011

88 – Ex-Líbris de António Lima V

Ex-líbris do dr. Alberto Eduardo Valado Navarro (1891+1972), 3.º Visconde da Trindade, desenhado em 1920 por António de Oliveira Lima e gravado por zincogravura na década de 1920.

 

Escudo de fantasia com as armas plenas de Sousa, do Prado, com coronel de conde e timbre de Sousa, do Prado; listel com a divisa «SANS PEUR ET SANS REMORDS»; tudo dentro de cercadura alegórica com motivos fitomórficos.

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:01
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 1 de Setembro de 2011

86 – Ex-Líbris de António Lima IV

Ex-líbris do dr. António Maria Gonçalves Ferreira, natural de Ponte de Lima e delegado do Procurador da República em Paredes de Coura, desenhado por António de Oliveira Lima em 1919. Colecção de Jofre de Lima Monteiro Alves.

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:01
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 1 de Julho de 2011

84 – Ex-Líbris de António Lima III

Ex-líbris de Carlos Alberto de Sousa Lobo de Oliveira, com a legenda “POR BEM QUERER”, desenhado por António Lima em 1917.

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:00
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 1 de Abril de 2011

81 – Ex-Líbris de António Lima II

    Ex-líbris de António Vasco Rebelo Valente, desenhado por António Lima em 1916 e gravado por zincogravura. Escudo peninsular, com as armas plenas de Valente, sob a legenda IN OMNIA PARATUS, tudo dentro das letras AV estilizadas.

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 07:00
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 1 de Março de 2011

80 – Ex-Líbris de António Lima I

Ex-líbris de Marcelino Nunes Corrêa desenhado por António de Oliveira Lima em 1933.

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 14:22
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 1 de Fevereiro de 2011

79 – Ex-líbris de Teófilo Braga

Ex-líbris do dr. Joaquim Teófilo Fernandes Braga, desenhado à pena pelo próprio em 1877. Consiste numa árvore entrelaçada por uma cobra de maneira a formarem as iniciais TB.

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 07:17
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 10 de Fevereiro de 2010

67 – EX-LÍBRIS DO CONDE DE PARATY

Ex-Líbris do Conde de Paraty

Ex-líbris de D. Miguel António do Carmo de Noronha de Paiva Couceiro, desenhado pelo próprio, concluído e retocado por Carlos da Silva Lopes em 1972 e gravado a offset a cores. É um escudo ao balão – suspenso pelo canto esquerdo – com as armas de Meneses, (do Conde de Vila Real), as armas de Couceiro embutidas em ponta, coronel de nobreza, elmo, paquife constituído por pele de onça, timbre, divisa «Aleo Aleo» em chefe e identificação do possuidor em contrachefe.

 

As armas têm a seguinte leitura heráldica: esquartelado, o I e IV de prata, cinco escudetes de azul em cruz, carregados cada um de cinco besantes de prata, bordadura de vermelho carregada de sete castelos de oiro (Portugal); o II e III de vermelho, um castelo de oiro, aberto e iluminado de azul, o campo mantelado de prata com dois leões batalhantes de púrpura, armados de vermelho, a bordadura composta de oiro e veiros de dezoito peças (Noronha). Sobre o todo um escudete cortado e partido em seis quartéis, o I de azul, um estoque de prata, empunhado de oiro, posto em pala; o II, IV e VI, de oiro, quatro palas de vermelho (Lima); o III e V, de vermelho, duas onças passantes e sotopostas de oiro e negro (ao invés das armas de Vilalobos). Sobreposto no sobre o todo, um escudete de oiro pleno (Meneses).

 

O timbre é uma cabeça de onça de oiro, mosqueada de negro, com duas hastes de cervo de prata a emergir da pele da onça, a qual forma o paquife, e que era o timbre pessoal de D. Pedro de Meneses, Conde de Vila Real.

 

D. Miguel António do Carmo de Noronha de Paiva Couceiro, nasceu em Cascais a 27 de Agosto de 1909 e faleceu em Lisboa a 24 de Junho de 1979, filho do comandante Henrique Mitchell de Paiva Cabral Couceiro (1861+1944) e de D. Júlia Maria do Carmo de Noronha (Paraty) (1873+1941).

 

Casou em Lisboa a 8 de Agosto de 1936 com D. Maria Teresa de Jesus Gusmão Corrêa Arouca (1909+1980), nascida em Lisboa a 29 de Maio de 1909, filha de Simão de Gusmão Corrêa Arouca e de D. Maria Luísa Enes Ulrich, com geração.

Casou em segundas núpcias em 1959, em Colombo, Ceilão, com D. Carol Talib-ud-Din, nascida no Punjabe, a 9 de Fevereiro de 1908, sem geração.

 

Foi alferes (1932); tenente de Cavalaria; chefe da Repartição Militar das Forças Militares da Companhia de Moçambique (1936-1938); capitão de Cavalaria; 4.º Conde de Paraty, por alvará do Conselho de Nobreza de 21 de Dezembro de 1946; governador do distrito de Diu, Estado Português da Índia (1948-1950); sócio do Instituto Português de Heráldica; desenhador; heraldista; ex-librista; escritor; administrador da Companhia Colonial do Búzi, em Moçambique (1953); fundador da Açucareira de Moçambique (1970).

 

Árvore de Costado do Conde de Paraty

Próprio

Pais

Avós

Bisavós

D. Miguel António do Carmo de Noronha de Paiva Couceiro

 

(1909+1979)

 

4.º Conde de Paraty

 

Capitão de Cavalaria

Henrique Mitchell de Paiva Cabral Couceiro

(1861+1944)

 

Capitão de Artilharia

José Joaquim de Paiva Cabral Couceiro

(1830+1916)

General de Engenharia

Manuel Inácio de Paiva Cabral Couceiro

(1785+1833)

D. Maria da Pena Dias Simões

D. Helena Isabel Teresa Armstrong Mitchell

(1830+)

Henry Armstrong Mitchell

Anna Elliot

D. Júlia Maria do Carmo de Noronha (Paraty)

(1873+1941)

D. Miguel Aleixo António do Carmo de Noronha

(1850+1932)

3.º Conde de Paraty

 

D. João Inácio Francisco

de Paula de Noronha

 (1820+1884)

2.º Conde de Paraty

D. Francisca da Cruz  Lacé Pedrosa

(1827+1864)

D. Isabel de Sousa Mourão e Vasconcelos

 (1849+1936)

D. Fernando de Sousa Botelho Mourão e Vasconcelos

(1815+1858)

2.º Conde de Vila Real

D. Júlia Adelaide Braamcamp de Almeida Castelo-Branco

(1822+1878)

 

 

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 21:05
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 6 de Junho de 2009

59 - UM EX-LÍBRIS DE JOÃO PAULO DE ABREU E LIMA

Ex-líbris de Pedro Rocha de Araújo, de 1969

Ex-líbris de Pedro Rocha de Araújo, desenhado e pintado por João Paulo de Abreu e Lima em 1969.
Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 23:49
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Artigos recentes

. 123 - Ex-Líbris de Antóni...

. 114 – Ex-Líbris de Antóni...

. 112 – Ex-Líbris de Antóni...

. 108 – Ex-Líbris de Antóni...

. 107 – UM EX-LÍBRIS HERÁLD...

. 106 – Ex-Líbris de Antóni...

. 102 – Ex-Líbris de Antóni...

. 100 – Ex-Líbris de Antóni...

. 98 – Ex-Líbris de António...

. 96 – Ex-Líbris de António...

. 94 – Ex-Líbris de António...

. 92 – Ex-Líbris de António...

. 90 – Ex-Líbris de António...

. 88 – Ex-Líbris de António...

. 86 – Ex-Líbris de António...

.Arquivos

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

.Temas

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds